Fórum para todos os escritores e leitores de fanfictions em português.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Sirius/Remus

Ir em baixo 
AutorMensagem
mery.
admin.
admin.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 94
Idade : 27
Data de inscrição : 09/12/2008

MensagemAssunto: Sirius/Remus   Dom Dez 21, 2008 10:48 am

SIRIUS/REMUS
(ou, porque é que puppy love é mais plausível e real que harry/ginny)



Bem, peço já desculpas porque sei que este texto vai ficar ENORME, visto ter muita coisa a dizer sobre o assunto. Ao longo dos anos em que fui fã de harry potter, tinha como divertimento entre os livros ler fanfics, claro, mas também estudar as personagens detalhadamente. Como escritora de fanfics, tive de desenvolver mentalmente uma versão próxima do canon do Sirius e do Remus, já que os livros não focam muito nessas duas personagens. No entanto, apesar das poucas cenas com eles, há muita coisa que a JK Rowling consegue dizer nas entrelinhas. E, após algum "estudo extensivo" (quando eu devia estar a estudar para a escola, mind you), consegui finalmente estabelecer personalidades plausíveis para ambas as personagens, que se adequam ao canon e ainda lhe acrescentam mais algumas coisas.

Sirius, o cão rebelde.
Por alguma razão a personagem do Sirius é das minhas favoritas da série, ever. É que a personalidade dele é de tal modo complexa e real que não dá para odiá-lo, mesmo com os seus inúmeros defeitos. Há várias opiniões acerca da personalidade dele, mas a comum a todas é a sua rebeldia.
Sirius podia ser considerado a pessoa e a personagem ideal, quase forçado: ele é rico, tem uma família famosa, é brilhante em tudo o que faz, tem uma auto-estima tão grande que nem precisa se esforçar nos exames e é fisicamente bonito. No entanto, a Rowling conseguiu trabalhar a personagem dele de tal modo que nos presenteou com algo mais real. Apesar de toda a perfeição aparente, Sirius não tem nada.
Não nos é descrito directamente, mas ao lermos determinados pormenores do passado dele podemos reparar que ele era emocionalmente (e eu aposto que fisicamente também) abusado pela família. A sua mãe era demasiado severa e acredito que apenas olhava para o Sirius como o filho primogênito, ou não teria renegado a sua existência tão facilmente quando ele fugiu de casa. Além disso, duas primas dele eram obsecadas pelo poder, e uma delas foi também renegada por ter feito um mau casamento. Juntando-se a isto, vemos também a total ausência de uma figura masculina na infância dele. Nunca se ouviu falar de Orion, o seu pai, e é-nos descrito que a relação dele com o Regulus não era das melhores.
Se isto é importante? Claro que é, isto vai moldar a personalidade do Sirius. A falta de apoio da família tornou-o num "rebelde sem causa" (neste caso com causa) e, na minha opinião, modificou a sua orientação sexual. Posso estar a alongar-me demais nas minhas visões pseudo psicológicas, mas a falta de uma figura masculina e o abuso por parte das figuras femininas distorceu-lhe a visão das mulheres, tornando-o talvez reticente em manter uma relação com elas. Isto explica o facto da JK Rowling ter dito que Sirius não ligava muito às raparigas no seu tempo de jovem, e que o seu grupo de amigos eram apenas rapazes. Aliás, acredito vivamente que a primeira rapariga com quem ele teve uma relação sem ser de hostilidade tenha sido Lily Evans, já que era a namorada do seu melhor amigo e teve de aceitá-la como tal. Ele era, assim, o cúmulo do machista: defensor da figura masculina e, claro, gay, embora a sua orientação sexual não tenha sido clara logo de início.
Para além desta sua faceta traumatizante e revoltada, podemos notar, contudo, uma lealdade quase cega para com o seu grupo de amigos, justificada pelo facto de se transformar num cão. Aliás, saliento bem a palavra "cega". Sirius não conhece limites, ponto final. Devido ao seu ego gigante ou à educação dada, nunca saberemos. Mas este é um facto extremamente importante, que tanto funciona para o mal como para o bem. É como se ele tivesse uma ausência de valores. Tanto é demasiado dado aos amigos (descrevem-no como inseparável do James), como é demasiado hostil para os inimigos, e esta hostilidade chega a tais limites que juro que ele seria capaz de matar. E quase o fez, ao mandar Snape para a Cabana dos Gritos aquando da transformação de Remus. Ele simplesmente não conhece os limites e a auto-disciplina porque nunca precisou delas, foi destinado a ser brilhante e bem sucedido em tudo o que fazia. E, por isso mesmo, a personagem dele chega a beirar uma certa loucura megalomaniaca, incapaz de se controlar a si mesmo e de disfarçar as suas emoções.

Remus, o reservado lobisomem.
Ao contrário de Sirius, Remus é quase como o seu oposto. No entanto, ambos partilham a mesma situação de uma infância traumatizante.
Remus não é rico nem popular, as suas roupas são descritas como velhas e remendadas e em nenhum lugar é dito que ele é atraente. No entanto, o facto de ter sido mordido apenas aos 4 anos tornou a sua infância num inferno. Basicamente, ele não pôde ter amigos até aos 12 anos, por medo de contagiar a licantropia, foi mantido em segredo em casa e não brincou junto com outras crianças. Finalmente, aos 12 anos de idade, recebe uma oportunidade de Dumbledore e faz os seus primeiros amigos da sua vida. E, convenhamos, sendo um lobisomem e tendo apenas três amigos, a necessidade básica de uma criança de 12 anos é só uma: mantê-los. Por isso mesmo, Remus tornou-se num perito em manter-se calado e sereno mesmo quando certas situações o revoltavam, como o exagerado abuso que faziam ao Snape. Além disso, e por muito que isto me custe dizer porque eu adoro a personagem, tornou-se perito na arte da mentira, já que viveu numa mentira até então, ao ocultar a sua verdadeira identidade a toda a gente. E mais, ao longo da toda a série, podemos observar um carácter extremamente importante: ele foge às situações que o abalam emocionalmente. Em diversas conversas com Harry, este último abordando Sirius Black, podemos notar que ele rapidamente encerra o assunto e evita responder.
Esta introspecção tornou-o numa figura extremamente composta, quase sem falhas, governada pela razão e pela lógica e nunca pela emoção. Raramente o vemos falar sem ser num tom de voz calmo, e quando isto não acontece observamos um diferente Remus do que conheciamos: agressivo, quase como se defendendo a si mesmo quando as paredes que construiu à sua volta são derrubadas. É por isso que não gosto quando retratam um Remus demasiado bom e benevolente, extremamente calmo mesmo face às mais diversas situações de risco. A personagem dele é muito mais que isso, e é talvez dos melhores trabalhos da Rowling em termos de construção de um personagem.

Sirius+Remus, o puppy love
No quão é importante descrever as personagens dos dois? Muito importante. Pelo que acima escrevi, podemos notar que eles têm uma base comum: uma infância torbulenta, mas aspectos de personalidade completamente diferentes, mas que se completam mutuamente. É quase como se fossem um yin yang e, na realidade, a transgressão de uma amizade para algo mais deve ter sido algo muito subtil e natural. Apesar de ter como melhor amigo James, ele não poderia compreender a dor de Sirius em relação ao seu passado porque nunca o presenciou. Remus, no entanto, com certeza perceberia o motivo de toda esta revolta e rancor.
Além disso, eles balançavam-se mutuamente: Remus, como calmo que era, controlava os acessos emocionais inconsequentes de Sirius, e Sirius, com a sua emotividade e exaltação, liberta o Remus do seu refúgio interior e torna-o mais assertivo.
Agora vamos para a parte mais gira, ou seja, os momentos nos livros que GRITAM "olá temos uma relação". Por simples preguiça, vou colocar os quotes em inglês que encontrei na net.

"Azkaban must be terrible," Harry muttered. Lupin nodded grimly.

"The fortress is set on a tiny island, way out to sea, but they don't need walls and water to keep their prisoners in, not when they're all trapped inside their own heads, incapable of a single cheerful thought. Most of them go mad within weeks."

"But Sirius Black escaped from them," Harry said slowly. "He got away..."

Lupin's briefcase slipped from the desk; he had to stoop quickly to catch it.


Pode não ser relevante à primeira vista para a relação dos dois, mas é com certeza importante na medida em que, durante o livro, ele tem várias reacções deste tipo à menção do tema "Sirius Black". Para alguém que é o Sr. Composto e Calmo, a reacção de Remus ao deixar cair a mala ao ouvir o nome do outro foi demasiado explosiva.

"Professor Lupin?" [Harry] said. "If you knew my dad, you must've known Sirius Black as well."

Lupin turned very quickly.

"What gives you that idea?" he said sharply.

"Nothing — I mean, I just knew they were friends at Hogwarts, too..."

Lupin's face relaxed.

"Yes, I knew him," he said shortly. "Or I thought I did. You'd better get off, Harry, it's getting late."


Ora aqui está mais uma reacção explosiva quando o Harry refere o nome de Sirius outra vez. E, desta vez, com uma importante diferença "Ou pensava que conhecia". Remus nunca mostra as suas emoções e, no entanto, aqui vemos o quão triste e frustrado ele está com ele próprio. E sim, ele culpa-se a ele próprio por não ter percebido as intenções de Sirius, e não a Sirius por ter ido preso. Quão amoroso é isso?

Then Lupin spoke, in an odd voice, a voice that shook with some suppressed emotion. "Where is he, Sirius?"

Outra vez a emoção a transbordar. A sério, isto está a começar demasiado óbvio porque ele apenas perde o controlo quando o assunto é Sirius.

"Professor Lupin," Harry interrupted loudly, "what’s going — ?"

But he never finished the question, because what he saw made his voice die in his throat. Lupin was lowering his wand. Next moment, he had walked to Black's side, seized his hand, pulled him to his feet so that Crookshanks fell to the floor, and embraced Black like a brother


Melhor momento do livro ever. Apesar de estarem 12 anos separados, apesar de Remus ter acreditado que fora tudo culpa de Sirius todo este tempo, tudo muda em apenas alguns segundos. Isto demonstra o quão profundo é a confiança entre eles, mesmo após tantos anos. Ah, e para as últimas três palavras, uma justificação muito boa: narrador duvidoso. Não nos podemos esquecer que os livros são contados do ponto de vista de um rapaz de 13 anos. Por isso, nada nos garante que este abraço não tenha sido com segundas intenções.


"...It didn't feel right. I was scared. I set out for your parents' house straight away. And when I saw their house, destroyed, and their bodies — I realised what Peter must have done. What I'd done.”

His voice broke. He turned away.

"Enough of this," said Lupin, and there was a steely note in his voice Harry had never heard before. "There's only one certain way to prove what really happened. Ron, give me that rat."


Apenas mais um momento onde Remus perde as estribeiras e todos os seus valores e age pela emoção: querendo matar o causador de todos os problemas de Sirius.

Ron, Hermione, Fred and George's heads swivelled from Sirius to Mrs Weasley as though they were following a tennis rally. Ginny was kneeling amid a pile of abandoned Butterbeer corks, watching the conversation with her mouth slightly open. Lupin's eyes were fixed on Sirius.

isto vai ser legen....wait for it

"Personally," said Lupin quietly, looking away from Sirius at last...

...dary. Sim, estes dois últimos quotes acontecem em páginas totalmente diferentes, e com diversos acontecimentos entre elas. E, no entanto, lá está o "finalmente" que diz que sim, Remus esteve a olhar para Sirius aquele tempo todo, apesar de toda a confusão que acontecia à volta e que provocava todos os outros que partilhassem o olhar por várias pessoas.
Pela minha experiência, isto só pode significar uma coisa: can't take my eyes of youuuuuu.

Sirius and Lupin had given Harry a set of excellent books entitled Practical Defensive Magic and its Use Against the Dark Arts, which had superb, moving colour illustrations of all the counter-jinxes and hexes it described.

Sirius E Remus, ao mesmo tempo, partilhando o dinheiro, deram uma prenda a Harry. Se isto não é um comportamento típico de um casal, eu não sei o que é.

"Of course he was a bit of an idiot!" said Sirius bracingly, "we were all idiots! Well — not Moony so much," he said fairly, looking at Lupin.

Aw mas que fofinho, a proteger e a falar bem do namorado! Ok o meu lado fangirl já está a tomar conta de mim.


Há muitas mais evidências, é claro, mas por pura preguiça não as vou colocar porque isto já está a ficar enorme.
Claro que isto pode ser visto do ponto de vista amigável. Assim como Ron/Hermione podia ser visto do ponto de vista amigável, a diferença é que nós tivemos acesso ao culminar da relação deles, e neste caso nunca tivemos porque aconteceu no passado e pertence a outra linha de acontecimentos, não era relevante incluir na trama principal.
Mas, de facto, os factos e a complementaridade entre eles falam por si, e seria mais que natural que os dois tenham desenvolvido algum tipo de relação. Até o céu concorda, porque Remus = Lobisomem = Lua, e Sirius = Estrela = Sol.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Peter_Inc
fanfiction addict.
fanfiction addict.
avatar

Masculino Número de Mensagens : 95
Localização : Moita
Hobbies : Eu escrevo, componho, toco guitarra/piano/violino, obsessão por Anime (Naruto especialmente)...
Data de inscrição : 15/12/2008

MensagemAssunto: Re: Sirius/Remus   Dom Dez 21, 2008 11:54 am

Sim, isso até pode ser verdade!!

Quando Sirius morre, quem é que foi abraçar o Harry?! O LUpin..

Hum..

Wink


Mas tá bem exposto, tá!


Talvez a J.K. Rowling tenha algo a dizer sobre isso daqui a uns anos..

rofl
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jasmin
fanfiction freak.
fanfiction freak.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 127
Idade : 29
Localização : PORTO
Data de inscrição : 14/12/2008

MensagemAssunto: Re: Sirius/Remus   Dom Dez 21, 2008 12:10 pm

Peter_Inc escreveu:
Sim, isso até pode ser verdade!!

Quando Sirius morre, quem é que foi abraçar o Harry?! O LUpin..
Hum..

Wink

Mas tá bem exposto, tá!

Talvez a J.K. Rowling tenha algo a dizer sobre isso daqui a uns anos..

rofl
Eu não gosto muito destes casais... Mas sabes que mais... até que gostei, porque está bem escrito... e concordo aqui com o Peter... =D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ritalavalerie.
admin.
admin.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 167
Idade : 27
Localização : Porto
Hobbies : being more of a flamming queer than the whole 'queer eye for the straight guy' crew.
Eu digo : "I live in a state between maleness and femaleness." "Which is?" "Fabulousness."
Data de inscrição : 09/12/2008

MensagemAssunto: Re: Sirius/Remus   Dom Dez 21, 2008 3:52 pm



    OMGYAY! que defesa perfeita do pairing omg muito bem, mery.

    Citação :
    Posso estar a alongar-me demais nas minhas visões pseudo psicológicas, mas a falta de uma figura masculina e o abuso por parte das figuras femininas distorceu-lhe a visão das mulheres, tornando-o talvez reticente em manter uma relação com elas.

    sim, aposto que nao só a mãe como a prima Bellatrix deviam-lhe dar na cabeça que chegasse para o afastar de mulheres para o resto da vida. E o Remus, tão sensível... and just plain gay. giggle

    eles são totalmente um para o outro. tens que rec'ar umas fics em PT e ING biggrin

    EDIT:

    Citação :
    (ou, porque é que puppy love é mais plausível e real que harry/ginny)

    TOTALLY TRUFAX. Harry/Ginny é dos pairings menos plausíveis do livro todo, especialmente porque eles são super felizes. Eu não gosto nada do pairing Remus/Tonks, mas pelo menos dá para ver que os dois não nasceram um para o outro, definitivamente. a JK é que tem a mania dos paralelismos como já referi aqui, i.e. o Harry (que é a cara chapada do pai, James Potter) a se casar com uma ruiva supostamente fierce (como a mãe dele, Lily Evans), ou os filhos do Harry e do Draco que sao as caras chapadas de ambos serem da mesma idade. a mulher é maluquinha, srsly noes

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
a danie.
fanfiction addict.
fanfiction addict.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 88
Idade : 24
Localização : azores
Data de inscrição : 13/12/2008

MensagemAssunto: Re: Sirius/Remus   Qui Abr 02, 2009 3:58 pm

Eu adoro estas tuas análisas de pairing, mery, acredita que ADORO mesmo. E sinceramente eu nunca tinha sequer pensado neste casal REMUS/SIRIUS, mas agora que li isto, faz todo o sentido ! E a cena do puppy love, aww, ficou tudo tão bem encaixado. (: Eu gostava de fazer-te um maior post, mas acho que bem, sabes como eu gosto dos teus comments about pairings, so... No news !

Gostava era de ouvir-te falar de um novo pairing, que achas ? aww
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Sirius/Remus   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sirius/Remus
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Tradução

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
fanfiction PT :: pimping! :: pairings.-
Ir para: