Fórum para todos os escritores e leitores de fanfictions em português.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Charlotte Kullen

Ir em baixo 
AutorMensagem
Mollie
fanfiction lover.
fanfiction lover.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 36
Idade : 26
Hobbies : Musica, escrever, ler, ser(!)
Eu digo : Just because it is all in our head it doesn't mean it is not real...
Data de inscrição : 15/12/2008

MensagemAssunto: Charlotte Kullen   Seg Dez 15, 2008 3:07 pm

Os prólogos são uma seca...

Aqui vos deixo o prólogo da minha primeira fic, já a postei toda no meu blog pessoal, mas gostaria de a partilhar convosco aqui (chamo-lhe "angariar leitores" ^^)

Espero ver-vos todos a comentar, deixem-me saber o que acham...

Sem mais demoras... Formulário:
Título:Charlotte Kullen
Fandom:Tokio Hotel
Tipo:FanFic - Por Capitulos
Gênero(s):mary-sue
Pairing(s):Alyson Grace/Charlotte Kullen - Georg Listing
Classificação:PG-13
Avisos: --
Sumário:Quando se é destinada para manipular, usurpar e destruir, o destino não dá outra hipótese... Mas quando aquele que é suposto destruires é alguêm que amas, as coisas ficam muito diferentes... Como podes fingir, como podes lutar? se esse alguêm é alguêm que realmente amas...
Disclaimer:As personagens dos membros da banda não me pertencem (mas não é nada mal pensado)

Enjoy!
Prólogo


- Os lucros do escândalo de Tom Kaulitz estão a ficar reduzidos… Vamos ter de fazer alguma coisa…



Alyson Olhou para trás incrédula.



- O que? Já?! Aquilo rendeu milhões! O que é que andas te a fazer á porcaria do dinheiro?!



- Hum… Nada de mais, não te podes esquecer que metade dos lucros foram para a Katrina…!



Thomas, um homem alto, magro, de cabelo frisado e rosto esquelético ergueu-se da sua poltrona e aproximou-se de Alyson num passo lento e inaudível.



- Alyson… Eu sei que tu precisas de dinheiro… Eu também… - Disse Thomas alcançando-a.



- Chama a Katrina Thomas! Ela que faça o teu jogo sujo… Eu não entro… - Disse Alyson sacudindo o homem de cima dela.



Thomas lançou-se no seu passo descontraído e lento em direcção á secretária. Em cima dela estava uma pasta preta… Pegou nela e entregou-a a Alyson.



- Estão aí os tudo o que precisas de saber… É uma tarefa fácil e que valerá milhões por toda a Europa…



Alyson ficou em silêncio, fitando uma parede da escura sala. Não abriu a pasta nem tencionava fazê-lo.



- Não queres saber quanto?



Ela permaneceu em silêncio e imóvel. Mas rapidamente viu a mão esquálida e óssea de Thomas de documentos envergados na sua direcção, todos eles preenchidos com estudos estatísticos e no fim um numero… Alyson tomou como sendo a estimativa do lucro que supostamente conseguiriam. Ficou chocada com tamanha quantia… Era possível ver o choque nos seus olhos.



- Sim… É muito, eu sei… E desta vez Alyson… Desta vez eu estou disposto a fazer um contrato similar com o que fiz com a Katrina… Ficas com 50% dos lucros finais… Imagina só… O que será que farias com tanto dinheiro? – Perguntou Thomas pondo um olhar sonhador.



Alyson ficou pensativa… Há muito que deseja mudar de casa, para uma onde o senhorio seja mais amigável; e sinceramente… O seu pequeno Peugeot já estava bom para ir para a sucata…



Não se podia iludir… Ela precisava de dinheiro se quisesse reiniciar uma nova vida, e não era com o ordenado da “Best Byte”, a loja de roupa americana mais famosa na Alemanha, que ia conseguir consegui-lo.



- Aceita Alyson… Aceitas, e eu prometo que este será o ultimo serviço que te peço…

- Foi exactamente isso que me disseste da última vez! – Disse Alyson com a raiva crescente nos olhos.



- Mas da última vez não correu tão bem como planeámos não foi? – Disse Thomas dando-lhe uma espécie de puchão no queixo e prosseguindo – Se conseguires fazer o que te estou a pedir sem falhas, deslizes, ou incompetências és toda livre de fazeres o que quiseres da tua vida daqui para a frente… – Thomas acendeu o seu cachimbo e em seguida pegou numa caneta e num papel estendeu a Alyson.



- Temos um acordo?



Alyson ficou uns instantes a olhar para a mão que lhe estendia a possibilidade financeira de conseguir refazer a sua vida…



“É a última vez…”



Agarrou a caneta e o contrato e assinou-o… Levando Thomas a soltar um riso seco.



- Eu sabia que eras uma rapariga inteligente Alyson Grace…



Alyson manteve-se em silêncio, remoendo-se por dentro…



- Agora podes abrir a pasta… Aí está o teu alvo, as informações e confissões que tens de lhe arrancar… Todo o equipamento que precisares vão te ser entregues.



Alyson abriu a pasta… Estava cheia de papéis com informações, e notícias de jornais que ela teria de ler e estudar. A última folha era apenas uma grande fotografia de um rapaz, com mais ou menos a sua idade, de cabelo liso comprido, expressão carregada e olhos verdes acinzentados.



- … Georg Listing…?! – Disse ela



- Exactamente, ele vai ser a nossa próxima mina de ouro…



Alyson levantou-se a dirigiu-se á porta.



- E Alyson… - Disse Thomas… Ela parou, mas não se virou para o homem – Ahm… Não falhes…



- Não falho…



- E só para saber… Quem vais ser tu desta vez?



Alyson sorriu, de tantos anos de experiência, o que mais lhe agradava era integrar na pele de outra personagem, e isso passava por escolher outro nome.



- Charlotte… Kullen…



Thomas riu-se, e o som ecoou pela sala seguido do barulho das grandes portas de carvalho a fecharem-se…


Última edição por Mollie em Seg Dez 15, 2008 3:39 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maggie Black
fanfiction lover.
fanfiction lover.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 52
Idade : 26
Hobbies : ler, escrever, ouvir musica... etc
Data de inscrição : 13/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Seg Dez 15, 2008 3:12 pm

Ai como eu amei profundamente esta tua fic *.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jasmin
fanfiction freak.
fanfiction freak.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 127
Idade : 29
Localização : PORTO
Data de inscrição : 14/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Seg Dez 15, 2008 3:15 pm

  • Aaaaai gostei!
    Gostei mesmo... really! dance
    Super interessante... deixou-me muito curiosa...!
    Boa escrita e tal... really... quero mais...!

    kiss
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mollie
fanfiction lover.
fanfiction lover.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 36
Idade : 26
Hobbies : Musica, escrever, ler, ser(!)
Eu digo : Just because it is all in our head it doesn't mean it is not real...
Data de inscrição : 15/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Seg Dez 15, 2008 3:36 pm

Jasmin escreveu:


  • Aaaaai gostei!
    Gostei mesmo... really! dance
    Super interessante... deixou-me muito curiosa...!
    Boa escrita e tal... really... quero mais...!

    kiss

Laughing Ainda bem que gostaste, posto mais assim que puder! Isto ainda tem muito que se lhe diga... Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mollie
fanfiction lover.
fanfiction lover.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 36
Idade : 26
Hobbies : Musica, escrever, ler, ser(!)
Eu digo : Just because it is all in our head it doesn't mean it is not real...
Data de inscrição : 15/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Seg Dez 15, 2008 3:39 pm

Maggie Black escreveu:
Ai como eu amei profundamente esta tua fic *.*

Minha Maggie, cuidado com os spoillers! (- Nada de spoilers! - ), já sabes de mais (muaha!), mas e inevitável, vais saber sempre de mais...!

E sabes... Essa tua assinatura... É bem gira... Hmm... Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ritalavalerie.
admin.
admin.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 167
Idade : 27
Localização : Porto
Hobbies : being more of a flamming queer than the whole 'queer eye for the straight guy' crew.
Eu digo : "I live in a state between maleness and femaleness." "Which is?" "Fabulousness."
Data de inscrição : 09/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Seg Dez 15, 2008 3:40 pm



    wow, o plot parece ser super interessante!
    e para mim o georg é sem dúvida a masculinidade personificada no meio dos outros tokios, por isso escolheste o membro da banda IDEAL para me prender na leitura, visto que tenho uma dificuldade imensa em ler Het panda04

    continua! panda10

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mollie
fanfiction lover.
fanfiction lover.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 36
Idade : 26
Hobbies : Musica, escrever, ler, ser(!)
Eu digo : Just because it is all in our head it doesn't mean it is not real...
Data de inscrição : 15/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Ter Dez 16, 2008 3:23 pm

O primeiro capitulo... Adorei as vossas respostas ao prefácio, fico contente que vos tenha cativado, mas sem mais demoras...

Ei-lo
Enjoy*


Capitulo I


- Então? O que é que o patrão te queria? – Perguntou Miranda do balcão.

- Nem queiras saber… - Aclarou a voz – “Os lucros do escândalo de Tom Kaulitz estão reduzidos… Vamos ter de fazer alguma coisa!” – Disse Alyson na imitação perfeita do sotaque texano de Thomas.



- Só mesmo tu para te meteres com piadas ás 10:30 da manhã… - Disse Miranda soltando uma gargalhada.



Alyson confiava mais em Miranda do que em qualquer outra pessoa, era a sua melhor amiga e a única que a conseguia perceber perfeitamente… Com ela Alyson sentia-se segura, talvez por ela ser aquela figura maternal que nunca teve. Miranda era a linda e perfeita gestora da “Best Byte”. Com os seus cabelos castanhos lisos a cair nos seus ombros, expressão delicada e com o seu 1 metro e 75, ninguém saia da loja sem comprar alguma coisa. Mas a beleza de Miranda não sobressaía naquele meio… Não dentro da “Best Byte” porque todos os empregados daquela loja eram de uma beleza incomparável. Muitos achavam que era por ser a imagem de marca da loja (Roupa a condizer com os empregados). Mas o que ninguém sabia é que o dono da “Best Byte”, Thomas Ghent, para além de ser um homem excêntrico que ganha milhões com a sua loja, os outros milhões que vão parar á sua conta não são obra de vendas do formidável Design de moda da “Best Byte”… Thomas Ghent, aliado com todos os empregados da loja, formavam um grupo de impostores, que vendiam informações de grande valor á comunicação social sobre pessoas famosas e importantes…



- Então isso significa que acabou a brincadeira… - Disse Miranda.

- Sim, mas desta vez ele escolheu-me a mim! – Disse Alyson… Miranda notou preocupação e raiva nos seus olhos – Eu jurei que nunca mais o fazia Miranda!



Miranda olhou-a com preocupação... Saiu de trás do balcão, e aproximou-se de Alyson e murmurou para que ninguém mais as ouvisse.



- Então porque é que aceitaste Aly?.. Sabes que ele não te pode obrigar…

- Ele disse que se eu conseguisse me deixava ir… Tal como a Katrina…



Miranda afastou-se e olhou-a nos olhos. Só a menção daquele nome fez com que o clima subitamente se adensasse entre as duas.



- Para ele te deixar ir… Vais ter de ser como ela… Tu nunca conseguiste Alyson, da última vez que tentaste não correu bem …

- Eu sei… Não sou como ela, sou muito superior a tudo o que ela fez, e é por isso que vou fazê-lo… Pelo melhor. – Disse Alyson girando a pasta entre os dedos.

- Bom, agora vai mas é vestir-te, que estamos quase a abrir.



Miranda voltou para o balcão, enquanto Alyson ia para o armazém arranjar-se e vestir a farda de alta costura “Best Byte”, desenhada propositadamente para todos os empregados da loja.

Quando voltou, a loja já tinha aberto, e para uma quarta-feira de manhã, estava bastante cheia…

***




A manhã correu dentro na normalidade, a cada furo que tinha, Alyson trabalhava para construir a sua nova personagem... Charlotte Kullen... Gatafunhava no seu caderno de notas os pormenores importantes a ter atenção e os factores que levariam Georg Listing reparar nela... Assim que arranjasse algo intelectualmente e fisicamente apelativo iria passar á estratégia...



- Então Aly? Que fazes? – Andy aproximava-se dela a passos largos – Então...? Escusas de te reprimir, eu já sei da reunião com o patrão…– Agarrou no papel com a fotografia do rapaz colocando-a ao lado da sua. – Bastante bem parecido ah? Vamos lá ver se não metes água desta vez...



Alyson arrancou-lhe o papel das mãos... Desde que falhou na sua última tarefa que passou a ser alvo de chacota de todos os elementos da “Best Byte”... Miranda era a única que ainda exercia algum puder sobre eles.



Há anos Alyson apenas tinha 19, andava desesperada por dinheiro, já não vivia com os pais e não encontrava emprego. Thomas encontrou-a a procurar por trabalho, e devido á sua beleza, deixou-a juntar-se ao pessoal da “Best Byte”... Nesse mesmo ano, Alyson foi encarregada da primeira missão que correu com sucesso. Na sua segunda missão, também no mesmo ano, Alyson foi descoberta e foi presa durante 2 anos, e durante esses 2 anos ela nunca denunciou Thomas, nem nenhum dos outros por pura fealdade... O que fez com que todos ficassem em divida com ela... Prometeu a si própria nunca mais voltar para aquela vida... Mas o instinto da sobrevivência falou mais alto. Tentou arranjar emprego, mas ninguém a aceitava por causa do seu cadastro, que apesar de não ser muito conhecido, estava lá... Teve de voltar para o único sitio onde sabia que a receberiam...



- Deixa-me em paz Andy!... Estou a trabalhar... – Disse Alyson agressivamente.

- Calma miúda! Eu só te vim dar boas noticias... – Agarrou num panfleto e atirou-o para cima da mesa – Estas a ver estes quatro? Eles são patrocinados pela “Best Byte”, e vão os modelos da nova colecção de Verão...



Alyson olhou para os quatro indivíduos... Tokio Hotel... Bill Kaulitz, Tom Kaulitz, Gustav Schäfer… Georg Listing (!!). Olhou para Andy com um olhar surpreendido.



- Obra do Thomas… - Disse Andy esboçando um sorriso.

- Quando?

- Para a semana – Respondeu.

- Para a semana?! Mas eu só soube disso hoje! Mas eu não tenho nada...

- Então aconselho-te a despachares-te...



Piscou-lhe o olho seguindo para o seu posto no andar característico de modelos, deixando Alyson olhando inerte para o panfleto…



Riu-se

- Perfeito...



Guardou o folheto num dos bolsos e dirigiu-se para a loja... O seu turno já tinha começado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nessie
newbie.
newbie.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 5
Idade : 26
Eu digo : 'All she knows are highways and broken hearts, late nights and old guitars'
Data de inscrição : 17/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Qua Dez 17, 2008 12:54 pm

Ahhh, Mollie, sabes como eu AMEI esta tua fic!!
(ah sim, e adivinha quem é que se inscreveu no fórum?? MYSELF sds)

Escreves tão bem! E sabes mesmo como nos manter na espectativa Smile

LOVE YOU, GIRL!

-Nessie-
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jasmin
fanfiction freak.
fanfiction freak.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 127
Idade : 29
Localização : PORTO
Data de inscrição : 14/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Qua Dez 17, 2008 2:04 pm

    Oh gosh... adorei...

    Adorei mesmo...!
    Que ansiedade de ler mais!
    Gostei mesmo de tudo, desde a escrita ao desenvolver da história, acho que está muito boa mesmo.

    Mais por favor!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Peter_Inc
fanfiction addict.
fanfiction addict.
avatar

Masculino Número de Mensagens : 95
Localização : Moita
Hobbies : Eu escrevo, componho, toco guitarra/piano/violino, obsessão por Anime (Naruto especialmente)...
Data de inscrição : 15/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Qua Dez 17, 2008 2:17 pm

Muito suspense...

Como é que será que ela vai tentar matar o Georg?

Esperarei para ver..

Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mollie
fanfiction lover.
fanfiction lover.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 36
Idade : 26
Hobbies : Musica, escrever, ler, ser(!)
Eu digo : Just because it is all in our head it doesn't mean it is not real...
Data de inscrição : 15/12/2008

MensagemAssunto: Charlotte Kullen - Capitulo II   Qua Dez 17, 2008 4:23 pm

Queria agradecer a todos os que comentaram aqui o primeiro capitulo, fico contente por estarem desde já a gostar (isto ainda está muito no principio, ainda há muita volta para dar). Deixo-vos aqui o 2º para... leiam!

Sentem-se
Relaxem
Enjoy



Capitulo II


- Atrasada! – Disse Miranda do balcão

- Desculpa! – Disse Alyson dirigindo-se para o balcão – Depois preciso de falar contigo...

- Já conseguiste alguma coisa? – Disse Miranda para descontraída.

- Sim. – Alyson pousou o panfleto no balcão – Obra do Thomas... – Disse antes que Miranda pudesse sequer reagir... Alyson esboçou um sorriso perigoso... Miranda retribuiu-lhe com outro sorriso cúmplice.

- Já te estou a perceber... Hábil como sempre!

- Digamos que é tudo uma questão de estratégia... Mais uma desculpa para ser promovida!

- Já falaste com o Thomas? – Perguntou Miranda

- Não porque vais ser tu que me vais promover... Quero manter as ajudas do Thomas o mais longe possível...

- Hum... Depois vemos, vai trabalhar! Vai!



Á hora da loja fechar, Thomas chamou todos os empregados á sala comum nas traseiras do edifício da loja...

Chegaram á sala e já lá estava o homem alto de cabelo frisado a empestar a sala com o seu cheiro a cachimbo.



- Boa noite!... Sentem-se... – Disse com a sua voz irritantemente calma... Olhou para o rosto de todos os empregados e no fitando o de Alyson com especial atenção. Ela acolheu a atenção que o patrão punha sobre ela com um olhar frio, o que fez com que Thomas disfarçasse um sorriso irónico. – Como sabem... Daqui a poucos dias vamos ter aqui connosco os novos rostos da colecção “Verão Best Byte” para fazermos o catálogo... Chamei-vos aqui para... no fundo, distribuir os cargos que vão desempenhar nesse dia.



Todos os empregados fitavam Thomas com plena concentração... Todos sabiam que aquele dia era importante, pois todos estavam a par da tarefa de Alyson… Ela sabia que a “reunião” não era apenas para distribuir cargos.



- A partir de agora... Apresento-vos a Charlotte... – Disse Thomas acenando em direcção a Alyson – Quanto a ti, espero que já tenhas mais coisas em mente para além do nome…



Alyson olhou em direcção a Andy, este ria-se.

-Tenho sim, e desde já preciso que me promovas a directora fotográfica.



– Assim seja… – Disse Thomas, ficando com um ar um pouco relutante.



Após o fim da reunião, todos saíram da sala. Alyson deixou-se ficar para trás.



- Aqui tens todo o equipamento que precisarás... Se faltar alguma coisa pedes-me depois... – Aproximou-se para lhe passar uma mala preta, onde estariam o equipamento necessário...

- Mantém a distância patrão. - Disse Alyson, recebendo a mala e virando costas.



Despediu-se de Miranda e deu por encerrado o seu dia de trabalho.



Entrou no seu Peugeot e conduziu até casa. A caminho de casa reparou que defacto havia cartazes e anúncios dos tais Tokio Hotel por todo o lado... Como é que ela ainda não ouviu falar deles?



Chegou a casa e já estava a Pick Up de Serena estacionada á porta. Serena era a nova companheira de habitação de Alyson... Ainda estava em mudanças para o velho apartamento, e era visível que esta estava naquele preciso momento a condensar o pequeno espaço que restava no apartamento com mais coisas do seu pertence, dada a quantidade de caixotes na porta principal do prédio e ao volume da música demasiado alto.



- Cheguei... – Disse Alyson sem energia.

- Aleluia minha! Hoje chagaste mais tarde! – Disse Serena baixando o volume da música.

- Tens a noção que o senhorio daqui a nada está a bater-nos á porta... E vais ser tu a atenderes, e a dar a explicação de seres uma nova habitante do condomínio!

- Ok, mas porque é que chegaste mais tarde ah? Não me digas que tu... Bela mala! – Disse olhando para a grande mala preta que Alyson tinha recentemente adquirido.

- Não inventes... O patrão resolver fazer uma reunião com os empregados todos... – Serena olhava-a com um olhar curioso – Coisas sem interesse... Aumentos de ordenado e isso...

- Vão-te aumentar o ordenado?!

- Não.



Alyson atirou-se para cima do sofá... Para que tudo fosse pelo melhor, Serena não sabia da vida oculta dos empregados da “Best Byte”... Não sabia e Alyson não tencionava contar-lhe... para além de Alyson sentir repugna do que estva a fazer, quanto menos envolver as pessoas que a rodeiam nisso, melhor.



- Olha-me para esta sala! Nem consigo ver os meus pés...! – Comentou Alyson.

- Pois, acabei de me mudar hoje, já não ficou nada para trás... – Disse Serena com um sorriso de orelha a orelha. – Bem que me podias dar uma ajuda...

- Dá-me lá alguma coisa para fazer... – Disse Alyson atalhando pela sala sem pisar nem partir nada.

- Estás a ver aquelas caixas? – Serena apontou para duas caixas de cartão enormes – São os meus DVD’s e CD’s... Arruma-os ao pé dos teus.

- Hmm…



Alyson começou por arrumar os CD’s, e no meio de tanta discografia, ela encontar um que realmente a interessa... Tokio Hotel.



- O que é que estás aí a olhar? – Serena gatinhou até Alyson – Ahh! Estás a mirar os Tokio Hotel! O meu preferido é este, é o...

- Tom Kaulitz...

- Ah!... Tambem conheces... – Ficou por momentos a fitar Alyson enquanto esta analisava o CD - Estas a olhar muito para o Georg... Tens bom gosto porque ele é mesmo um bom(...)

- Será que tu só pensas nisso?!

Serena fez um sorriso perverso.

- Maioritariamente...



Serena ia preparar-se para continuar a falar, mas a campainha soou... Alyson apenas gesticulou em direcção á porta.



- Vai aturar o senhorio...



Ela levantou-se e dirigiu-se á porta num passo tão gracioso que parecia que quase parecia uma dança... Voltou 5 minutos depois...

- Senhorios como estes... lido eu bem!

- Como e que consegues...

- Há muito que ainda não sabes sobre mim... – Disse Serena voltando-se para a caixa que estava a arrumar.



Alyson riu-se.



- Então começo a achar que somos almas gémeas… Isto só pode correr bem…– Respondeu Alyson.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jasmin
fanfiction freak.
fanfiction freak.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 127
Idade : 29
Localização : PORTO
Data de inscrição : 14/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Qua Dez 17, 2008 4:42 pm

  • Aaaaaaaaai... adorei...
    Gostei da colega dela...!
    LOL... temos os mesmos gostos... fangirl2

    Gosto da tua escrita e acho que isto vai dar grande fic!

    Quero mais!
    beijinhos

    ps: desculpa o comentário de cáca, mas a esta hora já não sai nada melhor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mollie
fanfiction lover.
fanfiction lover.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 36
Idade : 26
Hobbies : Musica, escrever, ler, ser(!)
Eu digo : Just because it is all in our head it doesn't mean it is not real...
Data de inscrição : 15/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Qua Dez 17, 2008 5:13 pm

Jasmin escreveu:


  • ps: desculpa o comentário de cáca, mas a esta hora já não sai nada melhor.


São os comentários de cáca que me arrancam um sorriso da cara. ^^
Obrigada!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
a danie.
fanfiction addict.
fanfiction addict.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 88
Idade : 24
Localização : azores
Data de inscrição : 13/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Qui Dez 18, 2008 5:37 am

Jasmin escreveu:
    Oh gosh... adorei...

    Adorei mesmo...!
    Que ansiedade de ler mais!
    Gostei mesmo de tudo, desde a escrita ao desenvolver da história, acho que está muito boa mesmo.

    Mais por favor!
Faço das palavras da Jasmin, as minhas Wink OMG, adoro a tua maneira de escrever! *w*
(GEOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORGGGGG!)
Ahah, mais, mais, por favor ! blowkiss
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mollie
fanfiction lover.
fanfiction lover.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 36
Idade : 26
Hobbies : Musica, escrever, ler, ser(!)
Eu digo : Just because it is all in our head it doesn't mean it is not real...
Data de inscrição : 15/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Qui Dez 18, 2008 1:20 pm

Capitulo III


Os restantes dias da semana passaram depressa, seguidos por um início de semana agitado com todos os preparativos necessários para a construção do novo catálogo.

Alyson passou esses dias a trabalhar na sua personagem e a arrancar o máximo de informação que podia sobre o baixista dos Tokio Hotel. Chegou á véspera do dia da sessão e Alyson já tinha tudo preparado, sabia todos os pormenores até os menos importantes sobre Georg Listing. Muitos deles aprendeu com Serena, que ingénua, pensava que o súbito interesse de Alyson não passava de preocupação de uma mera fã.



Passe... Sim! Telemóvel... Sim! Microfone... Sim! Auricular... Está aqui...”



Alyson preparou a roupa, escolhida desde a semana passada, instalou o microfone num sítio discreto na sua camisola, e escondeu o auricular dentro de um par de meias...



- O que é que estás a fazer? – Disse Serena atrás de si...

- Eu?... (riso nervoso) Nada! – Respondeu Alyson pondo-se de pé rapidamente. Era difícil para ela mentir ou ocultar alguma coisa a Serena... Elas conheceram-se enquanto Alyson ainda andava na faculdade, vindo anos mais tarde a partilhar o mesmo apartamento. Durante os poucos dias que elas viveram juntas, já tinham uma cumplicidade forte entre elas. Nada comparada com a cumplicidade entre Alyson e Miranda... Mas mesmo assim, não deixava de haver uma grande cumplicidade.



- A preparar a roupa... Muito bem... – Disse Serena com um olhar aprovador... Ela estava mais entusiasmada com o dia de amanhã do que a própria Alyson.



Alyson olhou-a com um olhar irónico.

- Não me seduzes com esse olhar Serena!... Vamos jantar! – Disse indo em direcção á porta, onde Serena se apoiava. Agarrou-a por um braço e foram para a sala, que tinha perdido todo o ar caótico que tinha a semana passada.



Passaram as duas a noite a comer comida chinesa, e a conversarem ao som da televisão... Acabaram por adormecer na sala.

***


No dia seguinte Alyson acorda ás 9 da manhã...



- Oh MERDA! Eu entro as 9 e meia!



Alyson levanta-se do sofá e dirige-se para o quarto rapidamente, desviando-se do corpo de Serena estendido no meio do chão de braços e pernas abertos.

Não iria ter muito tempo para se arranjar. Vestiu as calças de ganga justas, uma camisola, ajustou o microfone e pôs o auricular. Penteou o cabelo e deixou-o solto. Não pôs muita maquilhagem, apenas o suficiente para não repararem que dormiu no sofá da sala. Pôs o passe ao pescoço e saiu…



Saiu de casa já era 9:30.



- Até logo! – Berrou antes de sair de casa, que fez com que serena acordasse, mas antes de esta ter tempo para dizer alguma coisa já Alyson tinha batido com a porta.



Chegou á “Best Byte” já estavam carrinhas e camiões nas traseiras da loja... Eles já tinham chegado.

Alyson entrou... Os corredores estavam desertos, não se ouvia ninguém. Foi até á sala comum, deixou as suas coisas, deu uma olhadela ao espelho e saiu para o estúdio onde seria sessão fotográfica.



Chegou á sala confiante, mas com a respiração descompassada...

- Começamos bem... Charlotte – Disse Andy baixinho ao passar por Alyson com uma expressão profissional – Isto também faz parte dos teus planos e?! – Disse apontando para o relógio.

- Chega Andy! – Disse Miranda por trás de Alyson – Dá-lhe um desconto, afinal... – Disse ela ajeitando o cabelo de Alyson – A Charlotter foi quem se empenhou mas neste projecto...

Alyson sorriu. Andy foi-se embora mantendo a sua expressão exageradamente profissional. Alyson reparara que os quatro rapazes já estavam lá... De costas.



- Meu Deus Charlotte, estava a ver que tinha de por outra pessoa a ocupar o teu cargo! Vai lá... Eles estão á tua espera, boa sorte... – Disse Miranda ao ouvido de Alyson que passou-lhe outro auricular para a mão

- É importante ficarmos em contacto… - Disse Alyson. Miranda, aceitou o auricular e abandonou Alyson com uma ligeira palmada de boa sorte no ombro...



Alyson seguiu na direcção oposta de Miranda num passo contínuo e descontraído... Não havia razões para estar nervosa ou para hesitar. Alyson estava mais que pronta.



- Bom dia! – Disse ela aparecendo á frente dos quatro rapazes... Esboçou um sorriso radiante e abanando os seus cabelos escuros – Desculpem o atraso... O meu nome é Charlotte e eu hoje vou ser a vossa directora fotográfica.



Os rapazes olhavam-na extasiados. Tal como Alyson queria, a sua beleza e espontaneidade tinha impressionado os 4…



- Então… - Disse Alyson consultando o seu relógio de pulso. – Não façamos o fotógrafo esperar mais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mollie
fanfiction lover.
fanfiction lover.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 36
Idade : 26
Hobbies : Musica, escrever, ler, ser(!)
Eu digo : Just because it is all in our head it doesn't mean it is not real...
Data de inscrição : 15/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Ter Dez 23, 2008 8:54 am

Capitulo IV


Conduziu os 4 rapazes pelos largos corredores… Todos estavam entusiasmados com a nova assistente. Menos Gustav, ele na sua timidez habitual andava atrás do grupo com os phones nos ouvidos, mostrando desinteresse por tudo o que Alyson dizia.
Chegaram ao camarim e já estava tudo preparado. A sala estava dividida em 4 divisões open space, uma área com roupa essencialmente preta e muitos acessórios, que chamou logo á atenção de Bill. Outra área com roupas largas e um expositor com muitos chapéus, a área de Tom. Do outro lado da sala, haviam mais duas áreas, uma com calças de ganga e corsários, muitos ténis e t-shirts, Gustav dirigiu-se a ela sem dizer nada a ninguém, como se já lhe tivessem explicado que o lugar dele era aquele. Por fim, a ultima área, localizado ao canto da grande sala, tinha calças de ganga, t-shirts, e acessórios, mas não tão exuberantes como os da primeira área.
Alyson explicou a complexidade da sala, nomeando as áreas de cada um (apesar de der evidente a divisão de cada membro).

- Vistam o primeiro conjunto que têm nos expositores e venham ter ao estúdio fotográfico…
- Há mais modelos?! – Perguntou Tom desviando o olhar do seu expositor de bonés.
- Claro que há… O catálogo de verão também tem de ter roupa feminina… - Respondeu Alyson.

Alyson tinha pensado em tudo, sabia que Tom Kaulitz era engatarão e presumido e para puder concentrar-se em Georg teria de distrair Tom de alguma maneira… E nada melhor do que fazê-lo esquecer-se de uma mulher… Como pondo-o rodeado de mais mulheres.
Após todos estarem convenientemente vestidos e maquilhados dirigiram-se para o estúdio. No estúdio, iria ser Alyson quem posicionaria os modelos tal como o trabalho de directora fotográfica exigia …

***

- Não, não, não Anne! – Disse Alyson levantando-se da sua cadeira e indo para junto da modelo e de Georg…
- Mas eu(…) - Tentou dizer Anne.
- Não fales! Vê… - Disse Alyson aproximando-se de Georg.

Georg sorriu… Já não era a primeira vez que Alyson mostrava a Anne como se fazia uma determinada pose… E o melhor é que as poses estavam a ficar cada vez mais… Intimas.

- Então… Agarras-lhe o tecido da camisola e puxa-lo para ti. – Disse Alyson enquanto puxava Georg para si pela t-shirt.. – Depois… Georg metes as mãos nas ancas… - Georg pôs as suas mãos na cintura de Alyson - … Mais para baixo… - Ele começou a baixar as suas mãos contornando a curva das ancas de Alyson. – Chega… – Disse Alyson quando Georg tinha quase chegado ao seu rabo. – Agora olha-o bem perto… Nos olhos… - As suas caras estavam a poucos centímetros de distância e cada vez se juntavam mais… Quando estavam a praticamente 1 centímetro de distância Alyson desvia a cara em direcção a Anne… A modelo estava a olhá-los com um olhar inédito. – Percebeste?!

- Bom… Acho que sim… Pelo menos foi muito bem exemplificado! – Respondeu Anne com cara de poucos amigos.

- Obrigada! – Respondeu-lhe esboçando um sorriso e virando-se do novo para Georg – Hum… Georg... – Georg continuava com os olhos pregados no rosto de Alyson - … Já me podes largar…
- Hnm… Ah! Ok… - Disse soltando um riso nervoso.

Mudaram de planos, mudaram de cenários e Anne continuava a fazer “erros”, que Alyson corrigia sem qualquer incómodo. A cada momento que passava parecia que Alyson e Georg se tornavam mais íntimos. A química entre eles fazia-se sentir…

“A primeira etapa estava completa… Ele desejava Charlotte…”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mollie
fanfiction lover.
fanfiction lover.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 36
Idade : 26
Hobbies : Musica, escrever, ler, ser(!)
Eu digo : Just because it is all in our head it doesn't mean it is not real...
Data de inscrição : 15/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Dom Jan 04, 2009 11:34 am

Capitulo V


A sessão fotográfica tinha acabado… Os Tokio Hotel estavam a voltar ás suas roupas, enquanto Alyson falava com Miranda, através do auricular que lhe tinha dado do outro lado da parede da sala.

- Como correu? – Perguntou Miranda
- Tudo conforme planeado… Só preciso é que á medida que eles se vão despachando, tu os entretenhas… Ele vai ser o ultimo a sair…
- Entreter? Mas como é que eu…
- Qualquer coisa! Eles não podem é incomodar…

De repente Gustav sai da sala… Alyson vira-se num impulso.

- Gustav! – Disse ela com um sorriso.
- Ahm… Já me vesti… - Respondeu ele com um ligeiro sorriso
- Então, vai para a sala comum… Segues por este corredor e depois viras á esquerda, o nome da sala está na porta – Explicou ela
- Ok…

Alyson ficou a ver Gustav a afastar-se… Não sabia porque, mas havia relutância no olhar do rapaz… Como se desconfiasse de alguma coisa. De repente vê Bill a sair da sala

- Gustav! Espera por mim pá! – Disse ele enquanto ajustava as suas pulseiras. Só depois notou a presença de Alyson.

- Oh, Chalotte! – Disse ele virando-se para ela, andando agora de costas… Acenou-lhe – Agora é para ir…
- Sala comum…
- Exacto! Até já! – Piscou-lhe o olho, virou-se de novo para a frente e acelerou o passo para alcançar Gustav.

Estava farta de esperar… Entrou na sala. Estava Tom a falar com Georg…

- Anda lá! – Disse Tom
- Se eu soubesse da porcaria da camisola até ia! – Respondeu Georg a perder a cabeça… Estava de tronco nu á procura da sua t-shirt.

Alyson sorriu… Era bastante bem constituído… Passado uns momentos os dois rapazes notaram exactamente ao mesmo tempo a presença de Alyson… Georg sorriu… Tom formou uma das suas expressões sedutoras que não surtiam nenhum efeito em Alyson.

- Bom… Eu vou-me embora! Já tens boa companhia para de ajudar a encontrar o que procuras!... – Disse Tom… Georg deu-lhe um empurrão no ombro.

Tom passou por Alyson e deu-lhe uma pancadinha no braço, como se insinuasse alguma coisa. Saiu da sala e fechou a porta atrás de si.
Alyson aproximou-se de Georg num passo descontraído e tentador.

- Então… - Disse Alyson enquanto encurtava a distância entre ela e o rapaz, olhando para o chão fingindo procurar pela t-shirt desaparecida.

Quando tirou os olhos do chão já se encontrava ao lado de Georg. Este não procurava a t-shirt, apenas olhava fixamente para Alyson. Ela ficou perdida naquele olhar…
E num gesto rápido mas delicado, Georg envolveu-a nos seus braços e beijou-a. Alyson deixou-se envolver no seu abraço. Envolveu-lhe o pescoço com os braços colocando as suas mão na base do seu pescoço de Georg. Conseguia sentir o seu corpo contra o tronco nu e musculado do rapaz. Este, passava as suas mãos pelo tronco de Alyson, contornando cada curva do seu corpo…

Ficaram naquilo durante um bom bocado, até que Alyson interrompeu
- Georg… - Disse ela entre beijos – Chega… Daqui a nada vêm cá á nossa procura… - Georg parou, agora apenas a segurava pela
cintura e olhava-a com profundidade
- Tens razão… - Disse ele olhando para a porta fechada. Olhou para trás de si, retirou uma mão da cintura de Alyson e tirou a t-shirt de trás de uns caixotes - … Acho que já descobri a t-shirt – Disse com um sorriso na cara. Pendurou a t-shirt no ombro e beijou-a de novo, mas desta vez por pouco tempo.

Alyson entendeu que estava a lidar com alguém tão hábil quanto ela…

Georg compôs-se, vestiu a t-shirt, e penteou o cabelo. Alyson deu também um jeito á roupa e ao cabelo. Pouco depois entraram, os dois juntos na sala comum, onde estava toda a equipa que trabalhava naquele dia a comer.
Mal entraram, Alyson conseguiu ver Tom a sorrir para Georg.

Almoçaram juntos. No fim do almoço Alyson conseguiu saber um pouco mais sobre todos eles e sobre o próprio negócio da música.
Depois do almoço, os modelos foram-se embora. Alyson despediu-se de todos com um aperto de mão… Adicionando um olhar comprometedor a Georg. Era incrível como só de olhar para os olhos dele conseguia saber tudo o que ele pensava. Ficou á porta da “Best Byte” á espera que todos os camiões saíssem de vista.

- Então? Correu bem? – Perguntou Miranda.
Todos os que estavam ali olhavam para Alyson… Ela apenas sorriu.

- Numero de telefone? Morada? E-mail? – Continuou Miranda
Alyson fez um ar irónico…

- Para que é que eu vou precisar disso?!
- Para o contactares! Estas a espera de o encontrares assim do nada?!

O olhar de desaprovação era geral… Alyson não se deixou intimidar.

- Calma… Ele vai voltar… Mais depressa do que imaginamos. – Voltou para dentro da loja com um passo lento e compassado pelo barulho dos saltos das suas botas.
Estava tudo a correr conforme planeado…
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Maggie Black
fanfiction lover.
fanfiction lover.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 52
Idade : 26
Hobbies : ler, escrever, ouvir musica... etc
Data de inscrição : 13/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Dom Jan 04, 2009 12:35 pm

MOLLIE ROCKS!!!!! fangirl2

Amei, ja tinha lido mas amei reler blowkiss !!!!


Adoro esta tua fic e tu á sabes que sim ^^!

Alias eu adoro tudo o que escreves ^^

Fico a espera do próximo capítulo! excited


love ya glomp
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mollie
fanfiction lover.
fanfiction lover.
avatar

Feminino Número de Mensagens : 36
Idade : 26
Hobbies : Musica, escrever, ler, ser(!)
Eu digo : Just because it is all in our head it doesn't mean it is not real...
Data de inscrição : 15/12/2008

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Seg Jan 05, 2009 3:20 pm

Capitulo VI


Mal chegou a casa, Alyson foi tomar um banho de água fria.

Não foi alvo de alguma pergunta da parte de Serena desde que chegou a casa, pois estava ocupada a estudar para um exame ao qual não podia reprovar… Não foi aliviante para Alyson o facto de a amiga não lhe ter feito a habitual questão: “Então? Esse dia?”

Apesar de saber que nunca lhe iria contar toda a verdade, precisava de falar com alguém… Alguém que a ouvisse realmente e não a olhasse com um olhar de reprovação, já que agora até Miranda o fazia.
Foi ao quarto de Serena. Mal abriu a porta conseguiu ouvi-la a murmurar algo que não era matéria… Mas sim a letra de uma música ao mesmo tempo que marcava o compasso com a caneta sobre o livro aberto em cima da secretária.

- Se isso é estudar para não reprovar! Tens me ensinar esse método…

Serena não ficou surpreendida pela repentina aparição de Alyson no seu quarto. Virou-se para ela com um sorriso presumido e apoiou-se nas costas da cadeira.

- Explicações… Muitas explicações… - Disse virando-se de novo para a secretária – E tu tens de me ensinar o teu método de aproximações silenciosas!... És bastante boa a romper privacidades. – Disse Serena virando a cara de lado para olhar Alyson de esguelha.

Alyson tentou manter uma postura normal… Romper privacidades… Não estava totalmente errada.

- Bom, eu vou para a cama… - Disse.
- Alto! – Disse Serena levantando a mão na direcção de Alyson, mas mantendo os olhos na secretária – Amanha… Não te escapas do relato do dia de hoje…!

Alyson riu-se… Ao menos tinha ouvido a pseudo-pergunta habitual de Serena naquele dia.

- OK, OK, amanha… Boa noite
- Boa noite! – Disse Serena baixando a mão.

****
No dia seguinte Alyson foi para a “Best Byte” mais cedo do que o costume. Estava atrás do balcão, e não havia muito movimento ficando entregue á sua monotonia.

- Gosto da maneira como sempre que olho para ti não estás a fazer nada e depois dizes ser eficiente… - Disse Andy apoiando-se no outro lado do balcão.

- Não me chateies Andy! Vai trabalhar… - Respondeu Alyson á provocação

- Bom – Disse ele com a expressão cínica que estava a usar demasiadas vezes nesses últimos dias estampada no rosto meio tapado pela franja que lhe cobria a testa e um pouco dos olhos - Tal como tu, não tenho clientes… E não sou eu que prec(…)
- Chega Andy! – Interrompeu Miranda com o seu ar autoritário passado para trás do balcão fazendo com que Andy se calasse. – Vai atender clientes, eu fico ao balcão – Disse Miranda remexendo em papéis sem nunca olhar para Alyson.

- Miranda…
- Agora não Charlotte! – Disse Miranda olhando pela primeira vez para Alyson – Vai trabalhar… - Posto isso voltou a arrumar os papeis á sua frente.

Aquelas palavras tinham deixado Alyson atónita… Miranda nunca lhe tinha gritado antes… E nem sequer tinha razões para isso.
Miranda apercebeu-se so estado apático de Alyson. Agarrou-a por um braço e levou-a até á sala comum. Mal chegaram largou-a, fechou a porta e olhou Alyson nos olhos.

- Estás espantada?... – Disse Miranda aguardando resposta - Espantada por toda a gente estar mal contigo?

Alyson não respondeu… Sabia qual era a estúpida razão que fazia com que todos a estivessem a apontar o dedo e a tratá-la daquela forma.

- O facto é que tens tempo limite para completares o que tens a fazer e tu estás para aqui a brincar! Não sei se tens consciência que se falhas o Thomas vai conotar a cada um de nós… E em relação a ti… Ele não dá terceiras hipóteses, portanto é melhor concentrares-te no que estas a fazer…

- Eu sei o que estou a fazer…Tenho a certeza que ele vai voltar…

- A última coisa que podes ter é certeza. Foi insensato da tua parte não teres arranjado nenhum meio para conseguires falar com ele, e é indecente deixares todos os empregados desta loja nesta ansiedade.

- Peço desculpa por isso, mas não há razões para se preocuparem… Então é por isso que estás assim?

Miranda, cerrada numa expressão séria respondeu a Alyson num tom frio.

- Não é sensato mantermos a proximidade que tínhamos uma da outra. Não é seguro, muito menos quando estamos com um projecto supostamente a decorrer.

Alyson pôs uma expressão séria… Depois de tanto tempo ela não acreditava que a única amiga que tinha dentro da “Beste Byte” estava a ficar como os outros. Se era como os outros que ela queria ficar então que ficasse.

- Razão suficiente… - Foi a única resposta de Alyson.

Miranda virou costas e saiu em direcção á loja. Alyson também foi, envolta nos seus pensamentos. Olhou para os outros colegas de trabalho, não notava ansiedade nos seus rostos… Apenas no de Miranda.

A manhã passou rápido e eram 17:13 e não havia sinal de pessoas na rua… Muito menos de Georg… Miranda continuava ao balcão a mexer em papeis. O resto dos empregados ajudava a por as novas peças e cartazes da nova colecção.
Ouviu-se o barulho da porta da rua. Alyson virou-se para receber o cliente, mas logo se apercebe que não é um mero cliente. Georg estava parado ao pé da porta a olhar para Alyson com um sorriso na cara

“Em cheio…”

Alyson aproximou-se dele correspondendo ao sorriso até ficar suficiente perto

- Em que lhe posso ser útil?...

Georg suprimiu uma pequena gargalhada…
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MaRianinhA^^
newbie.
newbie.
avatar

Número de Mensagens : 1
Data de inscrição : 07/01/2009

MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   Qua Jan 07, 2009 9:04 am

Olaaaa.
Ha uns dias que ja andava a ler a fic e prontos decidi inscrever-me so para comentar ^^.
Digo-te, a fic está espectacular.
Tens imenso jeito ^^.
Beijinho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Charlotte Kullen   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Charlotte Kullen
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Ficha - Charlotte York
» 4ª Aula - Charlotte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
fanfiction PT :: fanfiction. :: bandas :: tokio hotel :: mary-sue-
Ir para: